· notícias ·

Abertura de forno noborigama

Confira o mapa aqui.

Ao escrever sobre a arte da queima de Bizen no Palhano em Minas, é impossível não se lembrar de uma senhora que aos 70 anos começou a fazer cerâmica. Toshiko Ishii fez cerâmica durante mais de 20 anos, inspirando a todos com seu enorme entusiasmo pela cerâmica e pela vida. Nascida em Kyoto, 1911, ela chegou em Brumadinho, 1970, à fazenda Palhano, onde construiu seu ateliê e passou a ser para Erli uma referência de vida. Hoje essa magia se renova, com a ceramista Sonia Imanishi que também se contagia com a força de Erli. E todos são contagiados pela busca constante de aprendizado dessa técnica de queima japonesa Bizen, em forno a lenha.

O Noborigama alcança até 1.280°C de temperatura e as peças permanecem dentro dele durante 72 horas. As queimas acontecem quase como rituais. São organizadas equipes que se revezam, dia e noite “alimentando” o forno com lenha, para não deixar a temperatura baixar. Nessa técnica, as peças são levadas ao forno a lenha sem esmalte e queimadas durante um longo tempo, até que as cinzas comecem a cair sobre elas e produzam texturas surpreendentes, de diferentes cores e nuances. O resultado sempre estará ligado a trajetória do fogo dentro do forno. Quanto mais lento for o processo, mais tempo a cinza terá de se depositar sobre as peças e produzir efeitos. A temperatura no nível mais alto funde as cinzas formando-se em esmalte. Não dá para prever totalmente o resultado. Será sempre uma surpresa. O aprendizado para Erli Fantini é constante e define a sua própria vida.

Participam desta queima treze ceramistas: Erli Fantini, Sonia Imanishi, Roberto Lott, Carmelita Andrade, Paulo Neves, Susana Fornari, Laila Kierulff, Claudia Resende, Eny Amorin, Iuri Chacham, Helena Bicalho, Fernando Poletti e Eraldo Pinheiro. A queima acontecerá dia 30 de abril de 2016. É a primeira abertura do forno desse ano. Uma oportunidade para frequentar o circuito da Cerâmica em Minas e adquirir peças. A abertura acontece no Ateliê Erli Fantini na Rua dois, 345, no povoado de Palhano em Brumadinho/ MG, de 12 às 18h, com entrada franca, coquetel para os convidados e muita informação para o público sobre cerâmica e diferentes queimas oferecidas pelos artistas presentes.